Visitantes

domingo, 1 de abril de 2018

Atividade- Produção de crônica


Atividade

Escreva uma crônica que tenha como inspiração uma das notícias abaixo.
Não se esqueça a crônica é um texto narrativo, em geral curto; que trata de problemas do cotidiano; assuntos comuns, do dia a dia; traz as pessoas comuns como personagens, sem nome ou com nomes genéricos, é organizado em torno de um único núcleo, um único problema; escolha se será em 1ª  (o narrador participará da história) ou 3ª pessoa o narrador não participará da história; a história tem como objetivo envolver, emocionar o leitor.


ELEMENTOS ESSENCIAIS DA NARRATIVA

1.ENREDO:  as ações da história;

2.PERSONAGENS: os seres que participam da história;

3.NARRADOR: aquele que conta a história;

4.TEMPO: poder ser cronológico ou psicológico, mas ficaremos com o cronológico: quando acontece a história, é o tempo dividido em dias, semanas, estações do ano, e etc. É o tempo marcado pelo relógio.

5.ESPAÇO: onde acontece a história.

O ENREDO DEVE CONTER:

1. Situação inicial de equilíbrio: Momento em que o leitor se situa, é a parte do texto em que são apresentados alguns personagens e expostas algumas circunstâncias da história, como o momento e o lugar em que a ação se desenvolverá. Cria-se um cenário e uma marcação de tempo para os personagens iniciarem suas ações;

2. Surgimento de um conflito: surge o problema a complicação, começam a ocorrer os acontecimentos, as ações, que conduzem a narrativa a um ponto máximo de tensão;

3. Clímax:   é o ponto em que a ação atinge seu momento crítico, momento de maior tensão, tornando o desfecho inevitável.

4. Desfecho: é a solução do conflito produzido pelas ações dos personagens.

Notícias engraças - diferentes

Notícia 1

Homem descobre não ser pai biológico de seu filho e fica chocado ao saber que verdadeiro pai é seu irmão gêmeo que nem chegou a nascer

            Um homem que descobriu não ser pai biológico de seu filho acabou chocado ao saber que que o verdadeiro pai da criança era seu irmão gêmeo que não chegou a nascer.
O homem de Washington, EUA, que optou por permanecer anônimo, possui 34 anos de idade. Junto da mulher, que também não foi identificada, eles buscaram por uma clínica de fertilidade e ela ficou grávida.
Depois que a criança, um menino, nasceu, constatou-se que o tipo sanguíneo era diferente do de seus pais. Após a realização de um teste de paternidade, que deu negativo, o casal imaginou que a clínica havia usado os espermas errados.
Homem descobre não ser pai biológico de seu filho e fica chocado ao saber que verdadeiro pai é seu irmão gêmeo que nem chegou a nascer
Homem de Washington, EUA, descobriu não ser pai biológico de seu filho e soube que o verdadeiro pai era seu irmão gêmeo que não chegou a nascer.
Mas o que ocorreu foi mais bizarro que se pode pensar: a criança é filha do que se chama “quimera humana”, uma pessoa que possui genes extras provenientes de um irmão gêmeo.
A condição é muito rara e esse foi o primeiro caso relatado em que ela engana um teste de paternidade.
Tudo foi descoberto depois de extensos testes genéticos e com a ajuda de Dr. Barry Starr, geneticista da Universidade de Stanford, EUA. O homem havia absorvido o DNA no útero da mãe.



Notícia 2

Perseguição policial termina em abraço, beijo apaixonado e prisão


Uma perseguição policial terminou de uma forma bem romântica no estado do Arizona nos Estados Unidos. Tudo começou quando um policial teria tentado abordar o carro em que Dustin Perkins, de 35 anos, e Lovida Flores, 29, estavam.
A dupla foi acusada de ter roubado o carro. Um policial tentou parar o veículo, mas o motorista decidiu não obedecer a ordem e a perseguição teve início.
Perkins dirigia o SUV por uma rodovia da região de Mesa. De acordo com o portal Uol, a imprensa local percebeu a movimentação e as emissoras de TV começaram a transmitir a perseguição em alta velocidade ao vivo.
Todo mundo pode ver o carro entrando na contramão e derrubando cercas e furando faróis vermelhos para tentar fugir dos policiais. Os suspeitos só pararam quando atingiram uma vala.
O casal então saiu do carro e tentou continuar a fuga a pé. Eles correram em direções opostas, mas viram que estavam sem saída. Sem ter para onde ir, Lovida e Perkins se reencontraram, deram um abraço apaixonado e se beijaram. Logo depois se jogaram no chão para que a polícia os prendesse.
Tudo foi registrado pelos canais de TV do estado. O casal foi algemado e preso, e por terem se machucado, foram levados ao médico. Os dois foram ouvidos pela polícia, o homem foi preso e a mulher liberada logo em seguida.



Notícia 3

Gato herói salva vida de donos ao acordá-los durante incêndio

Um gato virou herói na Pensilvânia (EUA) por ter alertado seus donos sobre um incêndio que começou durante a madrugada dentro da casa onde eles vivem.
Segundo os bombeiros de McKeesport, o casal estava dormindo quando, por volta da 1h30 de sexta-feira, o gato subiu na cama para acordá-los quando notou algo estranho na casa. "O gato voou para dentro do quarto. O casal achou aquilo esquisito e abriu a porta do banheiro. Foi quando notou o fogo", abriu a porta do banheiro. Foi quando notou o fogo", contou o bombeiro Tom Perciavalle ao canal de TV KDKA.
Graças ao gato, os moradores conseguiram deixar a casa em tempo. Se continuassem dormindo, talvez uma hora mais tarde já não daria mais tempo e o incêndio poderia ter tomado conta da residência e, até mesmo, vitimado o casal.
De acordo com os bombeiros, o fogo começou no sótão da casa e depois se espalhou para o banheiro. Como não há alarme de incêndio na residência, a sorte do casal foi ter um animal de estimação esperto. "Esse gato vai ter de ganhar um petisco extra. Um atum branco", brincou o bombeiro Tom Perciavalle.

Notícia 4

Cachorro "avança" em panqueca no fogão e quase causa incêndio nos EUA
Um cachorro quase colocou fogo em uma casa nos Estados Unidos para poder roubar uma panqueca. A cena foi registrada pelas câmeras de segurança da residência, permitindo que o dono do animal acionasse o Corpo de Bombeiros e evitasse uma tragédia.
O vídeo foi compartilhado pelo Departamento de Bombeiros de Southwick, um pequeno condado de Massachusetts, nos Estados Unidos. Nas imagens, é possível ver o cachorro se apoiando no fogão para pegar a panqueca que a família havia deixado na panela antes de sair.
Para tentar pegar a comida, porém, o cão acabou acionando o botão que liga o fogão. Pouco depois, já havia chamas, o que fez com que o alarme fosse acionado e o proprietário da casa, alertado. Pelo celular, ele observou o incêndio e avisou os Bombeiros.
Estes chegam rapidamente e apagaram o fogo, que ainda não havia se espalhado além do fogão. O proprietário permitiu a divulgação do vídeo e os Bombeiros de Southwick aproveitaram para fazer um alerta: não deixe comida perto do fogo.
"Primeiro, sempre devemos tomar cuidado com itens em cima do fogão. Neste caso, o cachorro de estimação da família decidiu matar a fome pegando as panquecas que sobraram quando os donos estavam fora dede casa. Se você tem animais de estimação ou crianças em casa, considere colocar travas de segurança nos controles do fogão", alertaram os Bombeiros, em postagem que já gerou mais de 30 mil visualizações.



Notícia 5

Bar belga abre guerra contra ladrões de copo e pede sapato como garantia
Muitos turistas visitam a Bélgica em busca das famosas cervejas fabricadas neste país europeu. Mas, para alguns deles, não basta apenas beber. Eles querem levar como lembrança o copo para casa. E isso (sinto lhe dizer caso você também já tenha feito) chama-se furto.
Entre as estratégias, há até bares que exigem o sapato como "garantia" dos copos. Claro que nem só a cerveja belga é de boa qualidade. Os copos, tulipas e taças também são bem caprichados. O que faz com que o turista adote as mais diversas táticas para levá-los embora sem que o garçom perceba.
O problema é que o furto de copos está causando muito prejuízo para os donos de bares na Bélgica. Em Bruges, o bar Bruges Beerwall, no centro turístico da cidade, decidiu adotar um sistema de alarmes de segurança para evitar o sumiço de copos.
"Perdemos cerca de 4.000 copos todos os anos. Por alguma razão, os turistas acham que como pagaram para beber algo, eles têm direito de levar o copo como presente", disse Philip Maes, dono do bar, ao jornal inglês "The Guardian”.
Ele não pestanejou em gastar 4000 euros para instalar o sistema em todo seu bar. Além de evitar o furto de copos, o alarme também evita que os ladrões furtem cerveja da loja que fica ao lado do bar.
Na cidade de Gent, o bar Dulle Griet oferece 500 tipos diferentes de cervejas, mas para alguns clientes isso não é suficiente. Eles querem mesmo os copos. Por isso, o estabelecimento decidiu tomar uma atitude radical. Quem entra no bar precisa deixar os sapatos na porta, como uma espécie de "resgate”.

Notícia 6
Ex-policial japonês tem a maior coleção de Hello Kitty do mundo

Um policial japonês aposentado causa inveja entre meninas do mundo todo: possui a maior coleção da Hello Kitty.
Masao Gunji, 67, que passou a vida perseguindo criminosos, dedica-se agora a acumular objetos com a imagem da famosa personagem.
Com um valor estimado de 30 milhões de ienes (cerca de R$ 875 mil), a coleção tem mais de 5.000 objetos e consta no "Guinness Book of Records" desde novembro de 2016.
"Kitty é, de alguma forma, o amor da minha vida", diz o homem na casa que construiu para abrigar os seus tesouros e que atrai um grande número de turistas na cidade de Yotsukaido, nos subúrbios de Tóquio.
Criada pela empresa japonesa Sanrio, Hello  Kitty apareceu pela primeira vez no país em 1974. Desde então, a personagem é sucesso comercial em todo o mundo através de centenas de produtos derivados, que vão de pijamas a kits escolares.   
Sanrio causou polêmica entre os fãs da personagem ao revelar, em 2014, que, apesar de seu bigode e orelhas pontudas, Hello  Kitty não era uma gata, como se pensava, mas "uma menina, alegre e feliz, dotada de um coração de ouro."


Notícia 7

Suspeito é atropelado pelo próprio carro ao fugir da polícia

Um americano que havia bebido além da conta foi atropelado pelo próprio carro quando tentava fugir da polícia. Isaac C. Bonsu, de 30 anos, foi preso depois do incidente.
Segundo a polícia do condado de Fairfax, na Virgínia, a fuga desastrada ocorreu na madrugada do último domingo (4). Os agentes tentaram parar o carro que estava com um equipamento irregular. Bonsu, no entanto, estava bêbado e acabou fugindo.
Ele dirigiu por um curto trecho até que percebeu que estava em um beco sem saída. Imediatamente, Bonsu saiu do carro para tentar fugir a pé. Mas o motorista se esqueceu de puxar o freio de mão. Quando passou na frente do veículo, foi atropelado.
A polícia do condado de Fairfax publicou um vídeo com as imagens do trapalhão. Bonsu não se feriu no incidente e tentou novamente escapar, mas acabou preso pela polícia.
O motorista vai responder processo por uma série de crimes relacionados ao incidente, como dirigir bêbado e não respeitar uma ordem de parada feita por um policial. Além disso, a polícia informou que Bonsu já havia sido detido anteriormente por dirigir com a habilitação vencida. Ele pagou fiança e vai responder aos processos em liberdade. 


Notícia 8

Cachorro australiano ‘incansável’, Finn foi lançado à disputa por dono
Acredite se quiser, mas um cachorro quer ser prefeito.
Finn, um cão australiano, está se candidatando — ao menos segundo o anúncio de seu dono, Glenn Redmond, que é um treinador de animais — ao cargo máximo da cidade de St. John’s, capital da província de Newfoundland and Labrador (Terra Nova e Labrador), no Canadá. Ele foi lançado à disputa através de um vídeo postado em uma rede social de Redmond.
“St. John's precisa de um novo prefeito, alguém que vai trabalhar incansavelmente por você e vai enfrentar o mais difícil dos problemas”, diz o vídeo.
O cão é da raça boiadeiro australiano, razão pela qual Redmond afirma que ele não para de se dedicar ao trabalho. Segundo o dono de Finn, o cachorro é um ator que participou de algumas produções de cinema e televisão.

Cão é lançado candidato a prefeito no Canadá


Finn é um cão da raça boiadeiro australiano. A candidatura foi lançada pelo dono do animal, Glenn Redmond, que trabalha como adestrador.
"Ele é um trabalhador incansável, como todo cão da raça. Então decidimos criar novas atividades para ele", disse Glenn ao "Toronto Sun" ao explicar o porquê do lançamento da candidatura, que bombou no Facebook.
Obviamente (para muitos, infelizmente), o nome de Finn não estará na cédula eleitoral do pleito marcado para 26 de setembro. Mas a candidatura informal já cumpriu o seu papel, fazendo os eleitores pensarem na política que querem para St. John.



Notícia 9

MG: homem é preso após assaltar passageiros com uma banana

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante por volta das 19h40 de segunda-feira após assaltar um ônibus da linha 261, na rua Coimbra, no bairro Granja São João, em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, usando uma banana.
De acordo com a Polícia Militar, ele teria escondido a fruta debaixo da camisa para simular que estava armado e assustar os passageiros. Ao perceberem que se tratava de uma banana, eles o detiveram. O homem chegou a roubar R$ 79.
A PM não soube informar se havia muitas pessoas no ônibus. Ele foi encaminhado para a 1ª delegacia de plantão de Betim grande Belo Horizonte e será transferido para o Ceresp da cidade.

Notícia 10

Corintianos pagam carro de som para irritar palmeirenses no interior de SP

10 DE AGOSTO DE 2017

“Eu avisei! Avisei, chupa Palmeiras! Rindo até 2025!”, diz gravação em alto-falante que circula pelas ruas da cidade de São Pedro, nesta quinta-feira (10)

A eliminação palmeirense da Copa Libertadores deste ano na noite desta quarta-feira (9), em pleno Allianz Parque, pelo Barcelona de Guayaquil (EQU), com derrota por 5 a 4 nos pênaltis, após vitória alviverde por 1 a 0 no tempo normal, rendeu aos torcedores rivais, principalmente os corintianos, muitas piadas… uma delas viralizou no WhatsApp na data de hoje, ocorreu em São Pedro, cidade próxima a Piracicaba, a 200km de São Paulo, um grupo de torcedores do Corinthians pagou um carro de som para ficar desfilando pelas ruas.

Notícia 11

Ladrão sem uma perna foge de oito policiais
De muletas, o suspeito leva um comparsa de moto até a casa e leva os objetos; quando a PM foi atrás dele, ele conseguiu escapar

Um ladrão sem uma das pernas fugiu, em Aparecida de Goiânia, em Goiás, de oito policiais militares. Ele conseguiu escapar após furtar uma casa da cidade no momento em que os moradores não estavam. 

Imagens mostraram a ação dos criminosos. Primeiro o suspeito, de moto, vai até a a casa e vê que não há ninguém. Momentos depois ele volta com um comparsa e, mesmo de muletas, leva a televisão, computador, DVD, entre outros objetos.

A polícia foi chamada pelas vítimas. Os agentes foram até a casa do suspeito, mas ele conseguiu fugir de oito PMs. Apenas as muletas do assaltante foram apreendidas. 


Notícia 12

Filhote de capivara invade casa, pula em cama e assusta moradores em MG

Animal se escondeu no banheiro da residência, em Juiz de Fora, e foi resgatado pelos bombeiros. Caso ocorreu nesta terça (27).

               Um filhote de capivara deu um susto em uma família na madrugada de terça-feira (27), em Juiz de Fora. O animal entrou em uma casa de dois andares, no Bairro São Pedro, pulou em uma das camas e foi até o banheiro da residência.
"A minha sogra ouviu um barulho, como se fosse de alguém entrando a casa, e então a capivara entrou pelo corredor e pulou na cama dela. Com o susto de todo mundo, o animal também se assustou e se refugiou no banheiro", contou ao G1 o mestre de obras, Carlos Henrique Glanzmann.
Glanzmann disse que dormia quando foi acordado pelo cunhado e pela sogra. "Foi um susto! Moramos perto da represa do Cruzeiro de Santo Antônio, onde algumas capivaras costumam ficar, mas foi a primeira vez que uma delas entrou na nossa casa. A gente suspeita que ela tenha entrado pelo portão, que não fechamos direito durante a chuva", afirmou.
Ele e o cunhado tentaram tirar o filhote do banheiro, mas não conseguiram, por isso chamaram o Corpo de Bombeiros. Uma equipe foi até o local e retirou o animal, sem causar ferimentos.
"Eles fizeram um excelente trabalho. Estimaram que a capivara tinha entre 35 kg e 40 kg. O susto foi tanto que fui dormir às 2h30 para acordar às 5h. Nenhuma obra foi tão difícil quanto lidar com o bicho", concluiu Glanzmann.

Animais em residências

De acordo com os bombeiros, a guarnição soltou o filhote no habitat natural, próximo à residência de onde ela foi retirado.
Além deste caso, houve na segunda-feira (26), o recolhimento de duas cobras jararacas. A primeira foi no Bairro Santa Paula. A serpente foi capturada e encaminhada para a Polícia de Meio Ambiente em Juiz de Fora.
No segundo caso, a cobra foi encontrada no sofá da varanda de uma casa, no Bairro Barreira do Triunfo. Este registro ainda está em andamento, porque a jararaca capturada ainda será encaminhada para o órgão ambiental competente.
A recomendação dos militares é que, em casos semelhantes, os moradores entrem em contato com os órgãos ambientais competentes, seja o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ou a Polícia de Meio Ambiente. Mesmo assim, podem ligar para algum número de emergência, como o 193 dos bombeiros.
"No caso da capivara, é um animal fora do ambiente dele, assustado e acuado. Não sabemos como ele se perdeu do resto do bando e como vai reagir", lembrou a tenente do Cospo de Bombeiros, Priscila Adonay.
No caso de serpentes ou outros animais peçonhentos, a regra é não tentar pegar os bichos. "Nós sempre tratamos como se fosse venenoso e estamos habilitados a realizar o procedimento correto de captura", informou.














Notícia 13
EUA: homem rouba banco para ser preso e fugir de esposa
Lawrence John Ripple, de 70 anos, afirmou que "preferia estar na cadeia do que em casa"
Por Da redação
access_time8 set 2016, 14h56 - Publicado em 8 set 2016,
Um homem acusado de roubar um banco em Kansas City, no Estado americano do Missouri, afirmou à polícia que cometeu o crime porque preferia ir preso a passar mais um dia vivendo com sua esposa. Lawrence John Ripple, de 70 anos, assaltou um banco na última sexta-feira, mas não fugiu após o roubo como era esperado. Ele simplesmente sentou em um banco na entrada da agência e esperou a chegada da polícia.
Segundo a emissora WWLP, Lawrence brigou com sua esposa, Dido, de 33 anos, por uma máquina de lavar que o homem deveria ter consertado horas antes do crime. À medida que a discussão se tornou mais acalorada, Ripple gritou que ele “preferia estar na cadeia do que em casa”, de acordo com documentos da polícia obtidos pela Reuters.
Aparentemente, Lawrence se mostrou um homem de palavra, pois após a briga dirigiu até uma agência do banco Brotherhood Bank and Trust e anunciou o assalto. Na verdade, Ripple entregou um bilhete ao atendente. “Eu tenho uma arma. Me entregue o dinheiro”, afirmava a nota. O funcionário imediatamente lhe entregou 3.000 dólares (9.500 reais) em espécie.
Diferente do esperado, o homem não tentou escapar após o roubo. Lawrence se sentou em um banco na entrada da agência e esperou pela polícia, que não demorou para chegar e prendê-lo. Quando questionado pelos investigadores da polícia, Ripple disse que “não queria mais estar nessa situação”, referindo-se à vida com sua esposa.
Kelli Bailiff, do departamento de polícia local, afirmou nunca ter visto um caso parecido com esse em seus 33 anos de trabalho. “Você pode se divorciar”, afirmou à emissora WWLP. “Eu nunca ouvi falar de alguém que preferiu vir para a cadeia e cometer um crime para não tem que ficar em casa com sua família. Isso nunca aconteceu”, disse.
Ripple foi acusado de assalto a banco e agora aguarda seu julgamento em uma prisão federal em Leavenworth, no estado de Washington. Se condenado, ele pode pegar até 20 anos de prisão.


Marido que roubou banco para ficar longe da mulher é condenado a prisão domiciliar
Do UOL, em São Paulo 14/06/2017

            Um homem de 71 anos que roubou um banco, em setembro do ano passado, para poder ser preso e assim ficar longe de sua mulher foi condenado à prisão domiciliar. Por mais irônico que possa parecer, era justamente o que ele queria.
            Lawrence John Ripple confessou ter assaltado o banco em Kansas City, nos Estados Unidos, e poderia ter sido condenado a até 37 anos de cadeia. No entanto, sua defesa pediu clemência afirmando que o idoso estava com depressão por conta de uma cirurgia cardíaca na época do crime.
            Por isso, o juiz Carlos Murguia o condenou, na última terça-feira (13), a seis meses de prisão domiciliar. Além disso, Ripple ficará três anos em regime condicional e prestará 50 horas de trabalho comunitário. O idoso também terá de pagar US$ 227,27 (cerca de R$ 745) ao banco.
            A história de Ripple viralizou em setembro quando ele entrou no Bank of Labor e entregou um bilhete à atendente que dizia "tenho uma arma, me dê o dinheiro".
            A funcionária do banco entregou US$ 2.924 (cerca de R$ 9.600) ao idoso que se sentou no lobby do prédio para esperar a chegada da polícia. Ripple contou às autoridades que escreveu o bilhete na frente de sua mulher e disse que preferia ser preso à ficar com ela em casa.
            Antes do roubo, Ripple tinha uma vida tranquila, sem antecedentes criminais. Ele é padrasto de quatro enteados e tinha um relacionamento estável com a mulher.










Notícia 14

Ladrão rouba banco e foge em cadeira de rodas

Um audacioso ladrão entrou em um banco usando uma cadeira de rodas, entregou um bilhete anunciando o assalto e fugiu sem ser abordado pelos funcionários

Um ladrão de banco provavelmente executou um dos planos mais audaciosos de fuga depois que cometeu um assalto e se mandou usando uma cadeira de rodas.
Vestido com um moletom cinza, o homem entrou em um Banco Santander no Queens, em Nova York, nos Estados Unidos, exigindo dinheiro de um dos caixas com um bilhete.
Sem mostrar nenhuma arma para os funcionários, o assaltante não foi parado em nenhum momento enquanto saía do local com sua cadeira de rodas, sumindo sem deixar rastros.
No entanto, apesar da originalidade, esta não é a primeira vez que uma pessoa em uma cadeira de rodas rouba um banco.
Um homem de 60 anos em Idaho foi preso no ano passado depois de roubar o First Bank Federal enquanto tentava fugir da cena do crime usando um táxi.
Em 2010, um doente terminal da Califórnia tentou roubar o Banco Chase com uma arma de chumbinho para receber cuidados médicos na prisão e conseguiu ser condenado a 21 anos de detenção ao ser preso fora do prédio.


Notícia 15

Cão se deita ao lado de suspeitos durante abordagem policial em SC

Duas pessoas foram presas na ação deflagrada em comunidade da capital. Segundo PM, um dos detidos é líder de facção criminosa e estava foragido.

Em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, em Florianópolis, os agentes flagraram uma cena inusitada. Um cachorro deitou ao lado dos suspeitos e "imitou" os homens que estavam sendo revistados. A ação aconteceu nesta quinta-feira (2), na comunidade de Papaquara, no bairro Vargem Grande, Norte da Ilha de Santa Catarina.
A imagem foi registrada por volta das 13h30 durante a operação coordenada pela Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), que contou com apoio da Coordenadoria de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Polícia Militar. Segundo a PM, quando os suspeitos deitaram para serem revistados, o cachorro juntou-se voluntariamente aos detidos.
A operação resultou na prisão de duas pessoas, entre elas, um homem citado pela polícia como um dos líderes de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios de Santa Catarina. Ele estava foragido há quase dois anos, segundo a Polícia Militar.
Segundo a Deic cerca de 1,5 kg de maconha, além de uma balança de precisão, cocaína, uma pistola de calibre restrito, munições e carregadores foram apreendidos.



Notícia 16

Menina que põe ovos igual a uma galinha surpreende os médicos

 

Uma jovem chegou em um hospital de emergência para que alguém pudesse ajudá-la com sua doença. Mas não era um caso tão simples, então ela teve que provar aos médicos que não estava mentindo.
Akmal, uma adolescente de 14 anos da Indonésia, afirmou que nos últimos dois anos havia posto cerca de 20 ovos, igual a uma galinha.
Os médicos surpreendidos e bastante incrédulos só acreditaram na jovem depois que ela pôs um ovo na frente deles.
O estranho fenômeno acontece desde 2016 e ela teve que ser hospitalizada várias vezes devido às complicações causadas pelo evento.
O pai da jovem declarou que era uma situação complexa e quando ela colocou o primeiro ovo, ele quebrou para ver o que continha e encontrou apenas uma gema.
Os médicos disseram ao jornal inglês Daily Star que é "impossível" que um ovo saia do interior do corpo humano.
A teoria discutida pelos especialistas que trataram a adolescente é que os ovos são “inseridos deliberadamente no reto de Akmal. Embora não vissem isso acontecer”.
O pai negou essa versão e descartou que sua filha engole os ovos inteiros. A jovem permanece internada no Hospital Syekh Yusuf, em Gowa, para determinar a origem da estranha condição.


Notícia 17                                                                                                                                             

Morador chama polícia após avistar 'Dementador' em parque nos EUA

Cidadão acreditou ter visto uma criatura mágica do universo Harry Potter, mas polícia descobriu que não passava de um saco de lixo.

Por G1
01/03/2018 13h19  Atualizado 01/03/2018 13h19

Um morador de uma cidade americana chamou a polícia afirmando ter avistado um Dementador, criatura mágica do universo do personagem Harry Potter.
O incidente ocorreu em Essexville, Michigan, nesta terça-feira (27).
A polícia relatou que, ao atender ao chamado do cidadão preocupado, encontrou um saco preto de lixo pendurado de uma árvore, balançando ao vento no parque público Smith.
Em tom de brincadeira, a polícia disse que o Ministério da Mágica assegurou que todos os Dementadores estão na ilha de Azkaban.
A polícia também recomendou que a população jogue o lixo no lixo.

Fonte:https://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/morador-chama-policia-apos-avistar-dementador-em-parque-nos-eua.ghtml. Acesso em 01 de abril de 2018.

quarta-feira, 28 de março de 2018

O rádio apaixonado



Moacyr Scliar
Passei a ansiar por sua presença. Era para você que eu queria transmitir as melodias que recebia
           
Rádio de carro aumentou volume sozinho até pifar, afirma leitora. "Comecei a observar que o rádio esquentava o botão se a frente fosse deixada nele. Logo depois, começou a ficar louco: aumentava o volume sozinho, até parar de funcionar". Ela disse ainda ter notado um som estranho que saía do interior do aparelho. "Só posso escutar o rádio com o carro ligado e, a cada vez que o ligo, ele está todo desconfigurado. O meu MP4 queimou ao ser ligado ao rádio". Cotidiano, 3 de março de 2008.

MINHA QUERIDA DONA, sei que você anda se queixando de mim, publicamente, até. Você não pode imaginar o sofrimento que isto me causa, mesmo porque você provavelmente acha que rádios são objetos inanimados, sem vida própria.
Você está enganada. Ao menos no meu caso, você está enganada. Ao contrário do que você pensa, tenho sentimentos, tenho emoções. É em nome desses sentimentos e dessas emoções que lhe falo agora, tanto em AM como em FM. Na verdade, eu nem tinha tomado conhecimento de minha própria existência, até que fui instalado em seu carro.
Você estava muito feliz; tinham lhe dito que minha marca é ótima, e que você contaria com um som maravilhoso para lhe ajudar no estresse que é esse trânsito. E, eu colocado no meu lugar, você me acariciou, você tocou os meus botões. Senti um verdadeiro choque, eu que já deveria estar acostumado com eletricidade. Você fez de mim um ser vivo.
Vivo e apaixonado. Daquele momento em diante, passei a ansiar por sua presença. Era para você que eu queria transmitir as melodias que recebia por meio de tantas canções. Você ao volante, minha felicidade era completa. Acontece que você não se deu conta disso, ou fingiu que não se dava conta disso. Você me ligava, você sintonizava uma emissora qualquer e pronto, voltava à sua vidinha. Pior: tratava-se de uma vidinha partilhada. Amigas embarcavam em seu carro. Amigos também. Você conversando com um homem, aquilo me dava ciúmes, ciúmes terríveis. O Bentinho, do Machado de Assis, aquele que desconfiava da Capitu, não sofreu tanto. Lá pelas tantas eu tinha ciúmes até do seu MP4.
Agora: o que poderia eu fazer? Humanos têm como demonstrar seus ciúmes, têm como descarregar a frustração. Mas eu sou um rádio, um bom rádio, mas rádio, de qualquer maneira. A mim não estava facultado fazer cenas. Recorri, então, àquilo que estava a meu alcance: o som.
Quando você estava com alguém de quem eu não gostava, eu aumentava meu volume -e volume, você sabe, é coisa que não me falta- até chegar a níveis insuportáveis, uma avalanche de decibéis. E aí, subitamente me calava. Para lembrar a você que o silêncio também fala, especialmente o silêncio dos traídos. Ah, sim, e queimei o seu MP4. Tinha de queimar: era ele ou eu.
Você foi se queixar com um técnico, achando que eu estava desconfigurado. Num certo sentido você está certa: estou desconfigurado, estou desfigurado, estou perturbado - mas tudo isso por causa do sofrimento que você me causou.
 Querida dona, estas são minhas derradeiras palavras, antes de sair definitivamente do ar, antes do silêncio final. Minha última mensagem é esta: nunca brinque com os sentimentos de um rádio apaixonado. Você vai ter, no mínimo, surpresas desagradáveis.

Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff1003200804.htm>. Acesso em: 17 set. 2014.

RESPONDA
1.Qual fato serviu de inspiração para a produção da crônica?
2.O que provavelmente aconteceu no fato real?
3. Por que o fato de a crônica estar em primeira pessoa é inusitado? Quem parece ser o narrador-personagem?
4.Como os fatos apresentados antes da crônica, em itálico, voltam a aparecer no interior da crônica?
5.Esta crônica, pela estrutura apresentada, se parece com qual outro gênero textual?
6.Para que o cronista utiliza-se da estrutura desse outro gênero na construção do texto?

terça-feira, 6 de março de 2018

Comerciante é detido na contramão na Imigrantes


TEXTO 1

Comerciante é detido na contramão na Imigrantes
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA DA AGÊNCIA FOLHA
Um comerciante foi detido pela Polícia Militar Rodoviária ontem, pela manhã, após dirigir na contramão na rodovia dos Imigrantes por 1 km. Segundo a polícia, ele parecia embriagado.

Rogério Guedes, 31, foi abordado às 6h no km 21 da rodovia, em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo).
Ele dirigia um Corsa no sentido contrário da pista que vai para o litoral. Como o movimento de carros era pequeno, não houve acidentes.
O comerciante foi levado para a 3ª Delegacia de Polícia de São Bernardo do Campo e submetido a um exame de sangue, no pronto-socorro central da cidade, para verificar se ele estava alcoolizado. Depois disso, foi liberado.
Se o exame confirmar que ele dirigia embriagado, o motorista responderá a processo por embriaguez ao volante e pode ser detido por até três anos, além de ter a carteira suspensa. O laudo deve sair em até 30 dias.
A Folha não conseguiu falar com o comerciante na tarde de ontem. Segundo a polícia, ele ainda não tem advogado.

Outros casos

Desde o começo do ano, já são mais de dez os casos noticiados de motoristas dirigindo na contramão no Estado - - três desde sexta-feira.
Na sexta, um lavrador, de 51 anos, morreu no km 517 da rodovia Marechal Rondon, em Birigui (518 km de SP), após dirigir no sentido contrário da pista e bater em um caminhão.
José Demontie Maia dirigia uma Belina. Entrou na contramão na pista sentido capital-interior da rodovia e acabou batendo de frente com o caminhão, por volta das 20h.
Maia morreu na hora. A Polícia Civil não soube informar a distância percorrida pelo motorista na contramão. O condutor do caminhão, Valter Gonçalves da Silva, 41, nada sofreu.
Na madrugada de sexta-feira, em Campinas (95 km da capital), um acidente semelhante matou o motorista Emerson Sousa Medeiros, 32. Ele dirigiu seu carro por cerca de 2 km na contramão na rodovia Anhangüera e bateu de frente com um caminhão, por volta das 4h20, no km 103.
O motorista Josenilton Ferreira da Silva, 41, contou à polícia que dirigia um caminhão carregado com alimentos pela faixa da direita da rodovia, no sentido capital-interior e que o Peugeot 206 de Medeiros veio, de repente, em sua direção.(TALITA BEDINELLI E FÁBIO AMATO)
Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff0906200830.htm>. Acesso em: 17 set. 2014.




TEXTO 2

Na Contramão da História
Um comerciante foi detido pela Polícia Militar Rodoviária após dirigir na contramão da Rodovia dos Imigrantes por 1 km. Segundo a polícia, ele parecia embriagado.
Ao entrar na rodovia ficou surpreso em ver um carro vindo em sua direção – e aquela era uma pista de mão única. Acenou nervosamente para o motorista para que desviasse, e aí nova surpresa: o homem também lhe acenava, com o mesmo propósito. Passaram um ao lado do outro, de raspão. “Contramão!”, ele gritou indignado. O motorista do outro carro também gritou: “Contramão!”.
Ele mal se refizera do susto quando, de novo, avistou um veículo – um caminhão – igualmente em sentido contrário ao seu. E logo uma moto, uma van, e carros de passeio, e um ônibus – todos na contramão. Meu Deus, ele se perguntava, o que está acontecendo? Será que todo mundo enlouqueceu nesta rodovia, neste estado, neste país? A dúvida então lhe ocorreu: não seria ele o errado? Não estaria ele na contramão?
Não. Ele não estava na contramão, disso tinha absoluta certeza. Conhecia bem aquela rodovia, era um caminho habitual para ele. Teria havido, sem que ele soubesse, uma inversão de pistas? Talvez, mas isso não lhe tirava a razão. Uma alteração tão significativa deveria ter sido previamente divulgada; e teria sido necessário colocar avisos na rodovia.
Não. Ele estava certo, e continuaria em seu rumo, mesmo que todos os outros fizessem o contrário. Não seria a primeira vez na História que tal aconteceria. Afinal, Galileu Galilei tinha sido condenado pela Inquisição por dizer que a Terra girava em torno do Sol, quando todos afirmavam o contrário. Enfrentara corajosamente o julgamento, sem mudar de opinião. E ele não mudaria de pista. Continuaria dirigindo e fazendo sinais para os imprudentes até que todos se dessem conta da verdade.
Não demorou muito e foi detido pela polícia. O que ele aceitou com resignação. A conspiração não era só dos motoristas, era das autoridades, dos seres humanos em geral. Um dia, porém, a Verdade apareceria naquela estrada. Avançando aceleradamente, e na mesma mão em que ele estava.
Moacyr Scliar
Disponível em: <http://issuu.com/ediourosite/docs/hist__rias_que_os_jornais_n__o_cont>. Acesso em: 17 set. 2014.

Responda
1.O que aconteceu na notícia (texto 1) que serviu de inspiração par a crônica (texto2) ?
2. Quais elementos da notícia (texto1) estão presentes na crônica (texto2)?
3. O cronista usa ironia para criar o humor da crônica. Em quais passagens do texto podemos perceber essa ironia?
Ironia definição: figura por meio da qual se diz o contrário do que se quer dar a entender
Exemplo: Ele correu tão rápido quanto uma tartaruga
A tartaruga é um animal que anda devagar. Ao dizer que uma pessoa correu tão rápido quanto uma tartaruga, o que se quer dizer é que ela andou muito devagar ou mesmo que não correu. Essa comparação invertida é uma ironia.
4. Para que o cronista, antes da crônica (texto2), usa um  trecho da notícia (texto1) que lhe serviu de inspiração?